Kelly Harrington, a Coolhunter da H&M

By  |  0 Comments

Kelly Harrington, também conhecida como @Kellouhar, e muito bem seguida por seus quase 30K de followers no instagram, vive em Londres e trabalha como coolhunter e designer na H&M.

Kelly-Harrington-HM-The-Lifestyle-Edit-9

Na H&M seu papel tem muita importância e abrange mais de um setor. Para que ela possa estar sempre um ano e meio à frente, de acordo com a antecipação necessária para trabalhar as tendências, Kelly é parte integrante da equipe de pesquisa e previsões de moda da H&M, onde ela faz estudos de comportamento, peças-chave e formas essenciais para cada categoria. Experiente no assunto, Kelly faz apresentações para inspirar as equipes. Ela também é designer de estamparia sênior, parte do seu tempo é criando estampas que vão em peças para mais de um departamento. Ela trabalha com a H&M Home, além dos setores feminino, esportivo, masculino, acessórios e o que mais ela tiver vontade de trabalhar. O seu objetivo na empresa é criar quando quiser, de maneira livre, mas sempre com a visão sobre as tendências. “Meu trabalho é muito criativo e eu amo isso – uma hora eu estou desenhando flores para um vestido e daqui a pouco estou à procura de uma nova tendência.”

Kelly-Harrington-HM-The-Lifestyle-Edit-3-620x413

Mas o que a faz se destacar em seu perfil, é sua paixão por roupas vintage, e essa paixão acabou virando também seu trabalho. Kelly possui um arquivo vintage construído em Estocolmo, repleto de achados que ela vem coletando ao longo dos anos, e esse arquivo imenso fornece aos designers da H&M muita inspiração para suas criações. Kelly costuma vasculhar em brechós em todo o mundo buscando tesouros para agregar ao seu acervo, sempre de olho em peças atemporais, por esta razão, ela é apaixonada por denim. Seja o jeans velho, novo, lavado ou cru, o denim nunca sai de moda. Ela procura por peças vintage que podem ser integradas com peças mais comerciais e atuais.

Slide1

Seu lugar preferido para garimpar é o mercado Rose Bowl, em Los Angeles, onde ela pode enlouquecer em filas e mais filas de peças vintage. Kelly também compartilha algumas dicas para garimpar: “Primeiro de tudo, verifique sempre a condição de um item. Veja se tem manchas, procure buracos e não deixe de experimentar as coisas, ignore etiquetas de tamanho, pois elas raramente correspondem aos padrões atuais. Por último, não se importe muito com marcas de grife ou o que está em tendência. Se você gosta de algo e ele combina com você, compre”.

Slide2

Slide3

Para conhecer mais do seu trabalho, você pode ler essa matéria completa na Style Talk e não deixa de acompanhá-la no seu instagram!

 

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *